Pensadores Brasileiros       

Anúncios
Procure o livro dos seus pensadores favoritos na Livraria Cultura!

Add to Technorati Favorites




quarta-feira, abril 14, 2010

Mais sobre o socialismo em Dubai

Em Dubai, a extravagância e os maus investimentos chegaram ao 
ponto de criarem arquipélagos e canais artificiais para a construção 
de imóveis. Na cidade há vários arranha-céus, inclusive foi 
projetado um com 80 andares que giram independentemente.
Confirmando o artigo anterior "Socialismo e Decadência em Dubai", o consultor de empresas formado no MIT, Keith Yost, conta como foi sua estadia em Dubai a trabalho, em artigo de 4 partes.

The city of tomorrow (A cidade do amanhã) - Keith foi trabalhar em Dubai em julho de 2009, ganhando cerca de 150 mil dólares ao ano pelo Boston Group. Nessa parte ele conta como ficou impressionado com a cidade no início e como foi se decepcionando depois.

Welcome to your caste (Bemvindo à sua casta) - Na segunda parte, Keith conta como em Dubai há 3 castas:  os emiratis nativos no topo, os expatriados do Ocidente no meio e os expatriados do Oriente pisoteados por ambos. Também conta como é viver numa ditadura socialista:  grampos telefônicos, proibição de sair do país, sob os caprichos dos funcionários estatais - uma vida sem direitos garantidos onde você só escapa relativamente ileso se for considerado insignificante.

The story BCG offered me $16,000 not to tell (A estória pela qual o Boston Group ofereceu 16 mil dólares para não contar) - Keith conta como foi a experiência surreal de trabalhar na burocracia sufocante das empresas estatais do Emirado, que apenas imitavam a aparência de empresas de sucesso. Keith descobriu que seria pago apenas para criar slides e manipular os números de modo a confirmar a "análise" feita pelos emiratis, mesmo sabendo que traria prejuízos de bilhões de dólares.

Dispatches from the collapse (Noticiários do colapso) - Na última parte, Keith sumariza os erros da monarquia socialista de Dubai:  investir não para o progresso, mas para manter um status. Os Emirados teriam investido melhor seus lucros do petróleo se, em vez de enterrar o capital em turismo e bens industriais, tivessem investido em educação. O resultado é que o capital humano é muito pobre e será muito fácil Dubai desaparecer do mapa.

Keith compara Dubai com outro lugar semi-destruído pelo socialismo:  Detroit, uma cidade que já foi rica, e hoje a vegetação já invadiu e tomou conta de certos bairros abandonados da cidade. Há casas em Detroit sendo vendidas por 1 dólar.

Marcadores: , , , , , , , ,



postado por PBR às      

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial







Voltar a Pensadores Brasileiros