Pensadores Brasileiros       

Anúncios
Procure o livro dos seus pensadores favoritos na Livraria Cultura!

Add to Technorati Favorites




segunda-feira, dezembro 10, 2007

Temos muito que agradecer a DEUS


Ma Li e Zhai Xiaowei

Ma Li perdeu seu braço num acidente de carro e Zhai Xiaowei perdeu sua perna quando ainda muito criança. Mas nada disso os impediu de vencer uma competição de dança com seu ballet.



Rick e Dick Hoyt

Rick Hoyt nasceu deficiente devido à perda de oxigênio em seu cérebro por estar com o cordão umbilical enrolado em seu pescoço ao nascer. Graças aos seus pais, que ignoraram o conselho dos médicos de que seu filho viveria como um vegetal, e os engenheiros da universidade de Tufts, que reconheceram inteligência em seu senso de humor, Rick conseguiu aprender a usar um computador especial para se comunicar aos 12 anos de idade - suas primeiras palavras revelaram ser ele um fã de esportes: "Go Bruins!" (time de hockey em Boston).

Depois de uma corrida beneficente, Rick se comunicou usando o computador: "Papai, eu quero fazer aquilo." Então Dick Hoyt, seu pai, um coronel aposentado da Guarda Aérea Nacional, o empurrou na cadeira de rodas durante a corrida. Rick depois digitou "Papai, quando corríamos, eu senti como se não fosse deficiente."

Hoje Rick é diplomado, trabalha no Boston College e ele e seu pai, dão palestras motivacionais.

Rick e seu pai formam a equipe Hoyt, que competem juntos em maratonas, triathlons e outras façanhas atléticas. Dick carrega Rick num assento especial na bicicleta, o puxa num bote durante a natação e o carrega em uma cadeira de rodas durante a corrida. Eles começaram a praticar esportes como "Iron Man" em 1977.

Em 1992, eles percorreram os Estados Unidos correndo e pedalando em 45 dias. Até 2006, a equipe participou de um total de 942 eventos, incluindo 216 triathlons (6 Iron Man), 20 duathlons e 65 maratonas atingindo apenas 35 minutos abaixo do recorde mundial.

Hoje Rick tem por volta de 44 anos e seu pai, 66. Quando perguntado sobre o que Rick gostaria de dar ao seu pai, sua resposta foi "A coisa que eu gostaria mais é que meu pai se sentasse na cadeira e eu uma vez o pudesse empurrar também."

Artigo: O pai mais forte do mundo



Marcadores: , , , , ,



postado por PBR às      

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial







Voltar a Pensadores Brasileiros